De acordo com uma pesquisa feita por cientistas da empresa britânica Initial Washroom Hygiene, um telefone é mais anti-higiênico do que a tampa de um vaso sanitário.

Para realizar essa análise, os especialistas tiveram que usar uma substância especial que sob luz ultravioleta mostra todas as bactérias escondidas em telefones celulares e banheiros.

Os resultados mostraram que enquanto um assento de banheiro tem 220 “pontos brilhantes”, um celular apresenta uma média de 479.

No topo do ranking dos smartphones mais sujos estão aqueles que usam capas de couro, que acumulam um maior número de bactérias. Os celulares com tampas plásticas, que podem ser limpas mais facilmente, não ficam para trás e excedem os vasos sanitários em número de germes.

Segundo o professor de bacteriologia da Universidade de Aberdeen, na Escócia, Hugh Pennington, a razão está no fato de que os celulares se integraram tanto em nossas vidas que estão em contato quase que constantemente com as mãos. De fato, de acordo com uma pesquisa, dois em cada cinco funcionários de escritório levam seus telefones ao banheiro do local de trabalho. E aí que está o problema.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.