Não, você não está olhando de lado. A Fanta estreou recentemente uma garrafa rechaçada para o seu exclusivo refrigerante de laranja. Para muitas pessoas, é apenas um novo recipiente para sua bebida favorita que será descartado e reciclado. No entanto, muitos grupos de design estão anunciando o aspecto inovador como leve e limpo.

As garrafas plásticas de refrigerante que você consome são mais complexas do que se imagina. Com uma marca como Fanta, a pressão é ainda maior. É a segunda maior marca da Coca-Cola Company depois da Coca-Cola. Essa popularidade criou uma cultura de familiaridade com o olhar de Fanta. O logotipo sofreu um muitas mudanças, mas as garrafas permaneceram relativamente iguais, bom, isso até agora. Gregory Bently e Leyton Hardwick foram os dois responsáveis ​​pelo redesenho assimétrico.

Você está trabalhando dentro de uma forma de tubo pré-moldada – se você puxar a capacidade de um ponto, você deve adicioná-la a outra. Você não pode tirar, sem adicionar em outro lugar, diz Bentley. E claro, com uma bebida carbonatada, a garrafa tem que ser simétrica.

Inicialmente a agência Drink Works, com sede em Londres, propôs a ideia da garrafa espiral. Isso enfatizaria o “sabor recém-espremido” da bebida laranja. No entanto, essa sugestão veio em 2012. Levou  Coca-Cola, sua equipe de pesquisadores e designers cinco anos para elaborar uma única garrafa. O processo envolveu um corpo surpreendentemente considerável de estudo.

“Como as pessoas interagem com um produto é onde começamos um projeto”, disse Hardwic , diretor criativo da Drink Works. “Nós recebemos jovens em uma sala, oferecemos a eles frutas, kits de escultura, canetas, papel e dissemos: tudo isso é para vocês brincarem – podem fazer uma bagunça!”

Essas brincadeiras então tiveram que competir com a física real do design. Em média, há mais pressão dentro de uma bebida engarrafada em plástico carbonatado do que em um pneu de carro. Qualquer tipo de deformação pode comprometer a força do plástico e fazer com que a garrafa apareça em pontos mais fracos. Tentando trazer a “torção” para a realidade levaria muito esforço. A equipe de design também teve que competir com uma empresa que precisava de atualizações práticas para fins de marketing.

Tudo isso mudou em 2015, quando o homólogo italiano de design da empresa Marco Beggoiora reintroduziu o design torcido para impulsionar as vendas. Segundo a Coca-Cola, dentro de oito meses, esse design se destacou e os consumidores gostaram.

”Além de uma nova identidade visual, temos trabalhado arduamente para reduzir o açúcar sem comprometer o gosto”, disse Aedamar Howlett, diretor de marketing da Coca-Cola Grã-Bretanha. “Estamos muito satisfeitos em lançar esse novo visual ao lado de uma nova receita com um 1/3 de açúcar do que antes – o que os consumidores nos disseram estar melhor do que nunca”.

Essas garrafas já estão sendo vendidas na Itália, Polônia, Malta, Sérvia, Finlândia e Romênia. Elas estão no Reino Unido desde abril, e eles estão preparados para atingir um mercado global maior no final deste ano. Nada ainda quando irá para os EUA, Índia, Brasil ou outros países.

Veja o vídeo abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.