Uma equipe de seis pesquisadores de Israel completaram nessa semana uma missão de quatro dia no deserto de Negev, onde simularam viver em condições Marcianas, avançou o ministro Israelita da Ciência e Tecnologia.

A experiência foi efetuada perto da cidade de Mitzpe Ramon, cujo meio-ambiente se assemelha ao do planeta vermelho devido “à sua geologia, aridez, aparência e desolação”, disse o ministro.

Os cientistas investigaram diversos efeitos relevantes de uma missão futura a Marte, incluindo comunicação por satélite, os efeitos psicológicos da isolação, medição de radiação e procura de sinais de vida no solo.

Guy Ron, físico nuclear na Universidade Hebraica de Jerusalém e participante do experimento, disse que o mesmo não serviu apenas para simular e procurar novas aproximações a uma futura missão mas, também para aumentar o interesse do público no tema.

Este projeto, denominado “D-Mars”, foi levado a cabo em cooperação com a Agência Espacial Israelita.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.