Você já parou para pensar como são feitos os combustíveis de diferente meios de transportes? Bem, os combustíveis para aviões e para carros são similares, mas você não pode usar o combustível de um em outro.

O combustível para aviões e para carros consistem em hidrocarbonetos derivados do refinamento do óleo. O que os diferem são exatamente a quantidade de hidrocarbonetos em cada um dos tipos. A gasolina consiste em hidrocarbonetos que contêm entre 7 e 11 átomos de carbono ligados as moléculas de hidrogênio. Por outro lado, o combustível para avião contém entre 12 a 15 átomos de carbono, fazendo dele mais denso que a gasolina. Em termos coloquiais, o combustível para aviões são compostos principalmente de querosene.

Teoricamente falando, os aviões e carros poderiam funcionar com o mesmo combustível, mas os ambientes que os aviões viajam são bem diferentes, um dos fatores são as temperaturas. Temperaturas em voo podem chegar a 30ºC. A esta baixa temperatura, a gasolina provavelmente iria congelar. Esta é a razão principal, a querosene é usada nos aviões porque ela iria congelar apenas a -47ºC.

A querosene comum de aviação tem um ponto de fulgor entre 38ºC e 60ºC, ou seja, somente produz vapores inflamáveis a partir das temperaturas acimas. Para efeitos de comparação, a gasolina tem um ponto de fulgor de -42,8ºC, sendo, portanto, muito mais perigosa. Dado o menor ponto de congelamento do combustível e o ponto de inflamação mais alto, a querosene tem uma faixa de temperatura operacional segura muito mais ampla.

A outra diferença entre gasolina e combustível para aviões são os aditivos injetados na mistura. Produtos químicos antiestáticos, agentes de degelo, agentes anticorrosivos e agentes anti-bacterianos são adicionados a querosene para garantir que não haja circunstâncias inesperadas em pleno voo.

A querosene pode realmente ser usada nos carros, mas somente nos motores diesel. Querosene e diesel são semelhantes o suficiente para permitir a funcionalidade dos motores. A Toyota em 2012 no ártico usou querosene na Hilux, de acordo com a Wired.

Hilux no ártico em 2012.

Para uma visão geral das diferenças entre gasolina e combustível de aviação, você também pode assistir ao vídeo abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.