Será que o café perfeito é uma coisa extremamente subjetiva ou até mesmo pessoal? Não de acordo com um novo estudo da Universidade Estadual do Kansas, nos Estados Unidos, em que uma equipe passou muito tempo degustando e analisando café para descobrir exatamente como fazer a melhor xícara possível da bebida querida por nós, engenheiros.

Aparentemente, existe uma maneira correta de fazer café e tem tudo a ver com a temperatura da água.

A temperatura ideal

Sete degustadores profissionais do Centro de Análise Sensorial e Comportamento do Consumidor analisaram 36 diferentes atributos de sabor (coisas como “frutado” ou “floral”) em várias amostras de café feitas com diferentes tipos de grãos e consumidos, claro, em diferentes temperaturas.

Por fim, a temperatura da água pode ser o fator determinante para um café ser considerado bom. A principal descoberta é que beber diretamente da água fervente é uma proibição absoluta.

Como regra geral, você pode utilizar a temperatura de 70° C, particularmente se estiver fazendo café do tipo arábica. Se estiver usando grãos do tipo robusto, consumi-los a uma temperatura de 60° C ou 50° C produz um sabor mais intenso.

Além disso, beber café com temperatura superior a 70° C pode resultar em ferimentos abrasivos.

Não ferva

Existem vários outros componentes que podem influenciar na melhora do sabor do café, desde a moagem até a frescura dos grãos, incluindo a proporção entre café e água e a sem deixar de lado a qualidade da água.

Uma vez que a maioria dos consumidores não têm muito controle sobre alguns desses componentes, não ferver a água do café – e sim deixá-la na temperatura ideal de 70° C – pode ser a maneira mais fácil de beber uma perfeita xícara dessa bebida incrível.

A pesquisa foi publicada na revista científica Food Research International.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.