Os materiais granulares são usados ​​extensivamente em todo o mundo, para ser mais preciso, o seu uso está em segundo lugar perdendo só pra água. Pense em todos os materiais granulares que nos cercam e naqueles que usamos no dia a dia.

A areia, por exemplo, ela reage como um sólido quando você está nele, e é mais do que capaz de suportar o seu peso. Agora, se você colocar as mesmas partículas de areia em uma ampulheta, elas começarão a fluir pelo buraco como um líquido. Espalhe as mesmas partículas no ar e as partículas individuais se comportarão como um gás. Então o que é? Como categorizamos as partículas granulares?

De acordo com Ken Kamrin, professor de engenharia mecânica no MIT, a areia é tudo isso. “Acho que, se quisermos desenvolver um melhor entendimento  sobre isso, temos que pensar o mais amplamente possível e criar modelos que o tratem como sólido, líquido ou gás”, disse Ken.

Como os materiais granulares apresentam propriedades de sólido e gás, é difícil determinar como essas partículas reagirão ou fluirão sob várias condições. Ter um modelo de referência nos ajudará a saber como a areia responderá a diferentes condições e esses dados poderão ser aplicados indefinidamente a vários processos de fabricação.

Se os dados estiverem prontamente disponíveis, os produtos Farmacêuticos e outras unidades de produção que lidam diariamente com materiais granulares serão capazes de construir máquinas e tubos que não causem bloqueios ou fluxo irregular.

O novo modelo desenvolvido pela Kamrin é mais preciso e confiável do que os modelos existentes. Seu novo modelo é capaz de prever o fluxo com mais precisão porque ele considerou algo crucial para decidir a natureza do fluxo – o tamanho das partículas.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.