O paradoxo da “galinha ou ovo” foi proposto pela primeira vez por filósofos na Grécia antiga para descrever o problema de determinar causa e efeito.

Agora, uma equipe de físicos da Universidade de Queensland e do Instituto NÉEL mostrou que, no que diz respeito à física quântica, tanto o ovo quanto o frango são os primeiros.

Jacqui Romero, do Centro de Excelência ARC para Sistemas de Engenharia Quântica, explica que, na física quântica, causa e efeito nem sempre são tão simples quanto um evento causando outro. “A raridade da mecânica quântica significa que os eventos podem acontecer sem uma ordem estabelecida”, disse ele.

“Tome o exemplo de seu deslocamento diário para o trabalho, onde você viaja em parte de ônibus e trem. Normalmente, você pegaria o ônibus e depois o trem, ou vice-versa. Em nosso experimento, os dois eventos podem ocorrer primeiro “, disse Romero em um comunicado. “Isso é chamado de ‘ordem causal indefinida’ e não é algo que possamos observar em nossas vidas diárias.”

Para observar esse efeito no laboratório, os pesquisadores usaram uma configuração chamada de comutador fotônico quântico.

Fabio Costa, da Universidade de Queensland, disse que com esse dispositivo a ordem dos eventos – transformações na forma de luz – depende da polarização.

“Medindo a polarização dos fótons na saída do comutador quântico, pudemos mostrar que a ordem das transformações na forma da luz não foi estabelecida”.

A pesquisa foi publicada na Physical Reviews Letters pela American Physical Society.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.