Pela primeira vez, os cientistas capturaram uma imagem de uma ponte de matéria escura, confirmando a teoria de que as galáxias são mantidas unidas por uma teia cósmica. Até agora, a teia maciça da matéria escura era desconhecida para nós, mas usando uma série de imagens individuais para criar uma composição fotográfica, os pesquisadores identificaram o conector cósmico.

A matéria escura constitui cerca de um quarto do universo, mas é difícil para nós detectá-la porque ela não reflete ou brilha. Mas usando uma técnica chamada lente gravitacional, os pesquisadores foram capazes de identificar distorções de galáxias distantes como elas são influenciadas por uma grande massa, invisível, como matéria escura.

Os cientistas analisaram mais de 23.000 galáxias para criar uma composição fotográfica que mostra a teia da matéria escura pela primeira vez.

Os pesquisadores publicaram suas descobertas na revista Monthly Notices da Royal Astronomical Society.

“Usando esta técnica, nós não somos somente capazes de ver que estes filamentos de matéria escura no universo existem, mas como somos capazes de ver a extensão a que estes filamentos conectam as galáxias “, disse Seth D. Epps, um dos cientistas, juntamente com Michael J. Hudson, que completou a pesquisa.

Matéria Escura

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.