Os cientistas podem ter testemunhado a formação de um buraco negro pela primeira vez. Em junho, cientistas descobriram um surto excepcionalmente brilhante, que agora acham que poderia ter sido um buraco negro ou uma estrela de nêutrons no momento de sua criação. 

O brilho luminoso foi localizado a cerca de 200 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Hércules, pelos telescópios gêmeos da pesquisa ATLAS, no Havaí. O evento incomum mistificou os cientistas que testemunharam isso. 

Ele foi apelidado de “The Cow” e desapareceu quase tão rapidamente quanto surgiu. Depois de comparar dados de diferentes fontes, os cientistas agora estão confiantes de que o que viram foi o exato momento da formação de um buraco negro.

Esta é a primeira vez que tal evento foi testemunhado, e espera-se que o evento histórico permita que eles entendam mais sobre a física dos buracos negros.

“Achamos que ‘The Cow’ é a formação de um buraco negro ou estrela de nêutrons”, disse Raffaella Margutti, da Universidade Northwestern, que liderou a pesquisa.

“Sabemos, por teoria, que buracos negros e estrelas de nêutrons se formam quando uma estrela morre, mas nunca os vimos logo depois de nascerem. Nunca”. 

Inicialmente, os cientistas acreditaram que o flash tivesse vindo de uma estrela brilhante ou supernova. No entanto, não compartilhava os mesmos traços comportamentais de outros tipos de estrelas. Por exemplo, foi 100 vezes mais brilhante do que uma supernova típica, e se expandiu e desapareceu muito mais rapidamente.

Ele também empurrou suas partículas tão rapidamente que todas as evidências do evento quase desapareceram em 16 dias. “Nós soubemos imediatamente que essa fonte passou de inativa para a luminosidade máxima em apenas alguns dias”, disse Margutti  . 

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.
Compartilhe:
Publicação anteriorO que esperar da linha Samsung Galaxy S10?
Próxima publicação“Super-Terra” vizinha de nosso planeta pode abrigar vida
24 anos, mineira de Itajubá, é estudante de sistemas de informação na UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá). Ama compartilhar conhecimento e estar sempre bem informada sobre ciência e tecnologia. Atualmente é redatora no Engenharia é: e Estágio Online, desenvolve Site, Loja Virtual, Crawler(efetua busca de informações por toda a web) e muito mais. Também é especialista em aumentar o tráfego de seu negócio online. Entre em contato pelo número: +55 35 984127067