Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Zurique mostrou que o hormônio vegetal Estrigolactona poderiam ser cultivadas no espaço, porque ele suporta a simbiose entre fungos e raízes de plantas, levando a crescer, mesmo quando estão em condições difíceis no espaço.

O pesquisador Lorenzo Borghi, que liderou o estudo, explicou que a iniciativa surgiu respondendo à preocupação em fornecer alimentos de maneira sustentável para as pessoas no espaço. No entanto, os solos da Lua e outros planetas são mais baixos em nutrientes do que na Terra.

Então, a alternativa seria transportar o solo rico em nutrientes e fertilizantes para o espaço, embora tenha um alto custo econômico e ecológico.

Então eles procuraram uma possível solução, o grupo de pesquisa se centrou no processo de micorriza, uma associação simbiótica entre fungos e raízes que abastecem as raízes da planta de água, azoto, fósforo e oligoelementos do solo. Em troca, eles ganham acesso ao açúcar e gordura que a planta produz.

Finalmente, Borghi disse: “Isso parece ser possível usando o hormônio estrigolactona. Nossas descobertas podem abrir o caminho para o cultivo bem sucedido no espaço dos tipos de plantas que temos na Terra “.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.