A seda da aranha sempre foi o biomaterial que tinha o recorde em ser mais forte, mas cientistas do KTH Royal Institute of Technology usaram nanofibras de madeira para criar um novo biomaterial que é ainda mais forte que a seda de aranha.

Os pesquisadores “densificaram” a madeira para transformar um material já resistente em uma “super madeira” que é tão forte quanto o aço.

Para conseguir isso, os pesquisadores alinharam pequenas nanofibrilas de celulose (CNF) na mesma direção para criar pequenos pacotes compactados. Esses pacotes formam um material que é super forte e pode ser usado em tudo, desde carros até aviões.

“Esta descoberta foi possível através da compreensão e controle dos principais parâmetros fundamentais essenciais para a nanoestruturação perfeita, como tamanho de partícula, interações, alinhamento, difusão, formação de redes e montagem”, disse o coautor do estudo, Daniel Söderberg.

“As fibras de nanocelulose de base biológica fabricadas no instituto são oito vezes mais rígidas e têm resistência superior às fibras de seda de aranha, geralmente consideradas o material de base biológica mais forte”, disse Söderberg. “A força específica é superior à dos metais, ligas, cerâmicas e fibras de vidro “. O estudo foi publicado esta semana na revista ACS NANO.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.