Model S P100D, da Tesla

Sim, o elétrico Model S é o carro mais rápido do mundo. O CEO da Tesla Elon Musk tuitou que o veículo vai de 0 km/h a 97 km/h em 2,5 segundos, mas que com uma atualização do software Ludicrous +, o sedã de luxo pode atingir 97 km/h em apenas 2,4 segundos.

Logo, em um teste independente, a revista norte-americana “Motor Trend” conseguiu a velocidade em apenas 2,28 segundos, tornando-o o mais rápido veículo já produzido.

Isso que dizer que a nova versão é mais rápida do que a Ferrari LaFerrari, o Bugatti Veyron, o Lamborghini Aventador ou o Porsche 911 Turbo S. Mas precisamos ser cuidadosos. O modelo que estamos nos referindo é a última versão do sedã, o Model S P100D, com o software Ludicrous +, uma combinação que ainda não está disponível no mercado.

O P100D – que conta com o Ludicrous (mas não o Ludicrous +, que adiciona 33 cavalos de potência) – pode alcançar 97km/h em apenas 2,7 segundos, uma velocidade bastante alta, graças à Elon Musk. Esse tempo é equivalente ao da máquina mais rápida do Japão, o Nissan GT-R.

O segredo para a tal performance do carro pode ser atribuído a duas características. Primeira, seu pacote de baterias de 100kWh, que fica abaixo do chassi do carro, segundo, o sistema de transmissão 4WD (capacidade de tração nas quatro rodas) com dois motores elétricos.

Para comparar, o pacote de baterias de um carro elétrico pequeno, como o Mitsubishi i-MiEv, tem 16kWh, seis vezes menos do que o do P100D.

Como o modelo da Tesla tem quatro portas, ele é comparado a outros grandes sedãs de luxo, como por exemplos, o BMW 5-Series e Audi A6. Logo, o carro se parece mais com o Nissan GT-R, no quesito equilíbrio, precisão e ritmo.

Claro que ele é pesado e não tem a rigidez do chassi do Nissan GT-R. O Model S pesa cerca de 500 kg a mais do que o GT-R e oferece, aproximadamente, a mesma potência, mas seu sistema de freios é significativamente menor.

O Model S não é apenas um carro rápido e com design bonito. Ele conta com assentos em couro, alumínio nas portas, uma enorme tela touch e uma novidade na indústria automotiva: um modo de defesa contra armas biológicas, sim isso mesmo. Com um sistema similar ao usado pelo presidente dos EUA na sua limusine blindada Beast, o Model S conta com um sistema de filtragem que impede que alérgenos, bactérias e agentes biológicos entrem na cabine do mesmo.

998-19870262_300x250_GMA-US

No modelo original, o sistema AutoPilot é a tecnologia mais avançada que existe no mundo no que se refere em direção autônoma. Ele não se limita apenas a um controle de cruzeiro comum, como em muitos outros carros que aceleram e freiam de acordo com as condições do trânsito, mas também muda de faixa sem ignorar os pontos cegos e aciona o freio de emergência quando o motorista por descuido não faz isso.

Mas no último P100D, a Tesla melhorou a câmera, o que significa que o Model S não é apenas o veículo mais rápido do mundo, mas o carro que provavelmente redefinirá a condução autônoma para os próximos anos.

Model S P100D, da Tesla

No Japão, China e Coreia do Sul, tanto o Model S quanto o Model X SUV estão vendendo de vento em popa. Mas, por causa das proporções da versão sedã, da performance e claro, do conforto, o Model S é o líder em comercialização na maioria dos países asiáticos.

Interior do Model S P100D, da Tesla

Assista ao vídeo abaixo do luxuoso e veloz Tesla Model S P100D:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.