Vamos fazer de conta que você decidiu tomar a iniciativa de obter economia com energia sustentável em sua empresa. Ao tratar de todas as fontes de consumo de eletricidade por meio de automação pesada, controles de energia abrangentes e monitoramento contínuo de energia, sua meta finalmente pode ser alcançada em um prazo razoavelmente curto. Por tanto, para cada meta, existe uma maneira correta e uma incorreta de se atingir.

Abaixo, você vai ficar sabendo de 4 armadilhas comuns:

  • Execução sem medição.

Não é possível gerenciar tudo aquilo que você não tem como medir. É, por exemplo, como dirigir um carro em uma estrada bem movimentada com seus olhos vendados. Investindo um tempo para medir o desempenho energético de sua empresa, você obtém perspectivas importantíssimas a respeito do consumo de energia. Depois, você poderá identificar as áreas em que há desperdício de energia, para assim gerar economia. O uso de soluções de auditoria inteligente e medição do consumo de energia será útil para a coleta de dados que são precisos.

  • Desconhecimento dos fundamentos.

Convenhamos que não faz sentido implementar soluções de tecnologia avançada se as ações básicas forem omitidas. Não é mesmo? Agora, imagine uma parede que acabou de ser pintada. Qual seria a aparência dela se centenas de orifícios não tivessem sido cobertos com massa corrida antes mesmo de passar o rolo de tinta? Sem a instalação dos dispositivos básicos de redução de consumo de energia e do material isolante, apenas algumas das metas de eficiência energética poderão assim ser alcançadas, mas as lacunas resultarão na continuidade do desperdício de energia.

Veja as outras 2 armadilhas aqui. 

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.