Desde a sua regulamentação, o trabalho em altura possui requisitos e medidas de proteção garantidas por lei para o trabalhador. Por definição, o trabalho em altura é toda atividade exercida em alturas superiores a 2 metros e que apresenta riscos de queda.

De acordo com a NR-35, o empregador tem como obrigação pôr em prática a gestão do trabalho em altura de acordo com as medidas de proteção da norma. Isso significa um planejamento acurado e análise prévia de riscos, além da implementação de medidas técnicas para evitar ou reduzir as consequências de eventuais quedas.

Quais são as atividades profissionais do trabalho em altura?

Construções, andaimes, plataformas, escadas, minas e escavações são alguns dos serviços que demandam equipamentos de segurança, a fim de proporcionar condições favoráveis para o trabalhador.

A NR-35 responsabiliza o empregador a realizar treinamentos com o empregado, para torná-lo mais capacitado a exercer qualquer função que envolva trabalho em altura. A preparação deve ser teórica e prática com carga horária de oito horas, abarcando em seu conteúdo toda a NR-35.

É dever do empregador habilitar o trabalhador para agir corretamente em situações de emergência, por meio de técnicas de resgate e  primeiros socorros. Um dos elementos mais importantes da NR-35 é a utilização correta dos equipamentos de proteção individual.

Quais são os equipamentos de segurança obrigatórios nessas atividades?

O trabalho em altura precisa ser executado com o auxílio dos Equipamentos de Proteção Individual, que incluem capacetes de segurança, protetores auriculares, máscaras, botas, cintos de segurança, mosquetões de aço e outros.

Uma das partes do corpo mais importantes é o crânio, fato que torna o capacete indispensável. Os capacetes de segurança fazem parte de linha muito importante de equipamentos de proteção individual: além de proteger a cabeça, esse tipo de acessório também se destaca por conferir a proteção de outras partes do corpo, como o rosto, pescoço e ombros. O item também protege o trabalhador contra quedas de objetos, queimaduras e choques elétricos.

Já o mosquetão de aço para uso profissional é imprescindível em equipamentos que seguram as cordas, evitando que elas deslizem. Há vários tipos disponíveis, todos com finalidades específicas, que levam em consideração o objetivo proposto e a carga suportada. Como são itens de segurança projetados para atividades específicas, os mosquetões precisam ser os mais seguros e mais bem avaliados pelos especialistas. Na loja virtual da Nerea você encontra mosquetão de aço de alta qualidade e confere maior segurança no trabalho em altura.

O uso adequado e responsável de acessórios de segurança evita grandes transtornos para o trabalhador e para a empresa.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.