Vou iniciar nosso “bate-papo” semanal com algo que me aconteceu, e que, em decorrência, mudou minha vida… Compartilho o fato com você, caro leitor, cara leitora, porque passei a acreditar piamente no que fiz com minha vida após o problema ter sido resolvido, e que porque ele tem muito a ver, na maioria das vezes com nossas atividades atuais e rotineiras. Principalmente nesses novos tempos…

O que aconteceu: após um momento de minha vida profissional muito intenso e com grande responsabilidade, no qual trabalhava intensamente sob alto grau de stress, vi-me de repente (ou não tão de repente…) sobre condições de “burnout” e sério esgotamento mental. Verdadeiro viciado em trabalho (isto acontece, sim…) chegava a ter crises de síndrome de abstinência em finais de semana, feriados, etc. (isto também acontece, sim…). Já pensaram nas consequências em mim mesmo, na minha família e nas relações sociais?

Procurando um especialista, além dos cuidados usuais que recebi, ele deu–me um conselho bem simples, mas fundamental. No caso, citou que nossa mente é como uma TV das antigas, mas sem chave liga/desliga. E, naqueles idos tempos, se uma imagem ficasse muito tempo estática na tela, ela a marcaria definitivamente, e o “tubo de imagens” (sim, era uma válvula termoiônica…) estaria estragado…

Bem, aí ele citou que no meu caso a imagem em minha “TV Mental” era apenas meu trabalho, e já estava marcando a tela. Então me determinou, como ponto fundamental de meu tratamento, que eu mudasse periodicamente de canal a minha “TV Mental”, através da prática de um hobby, participação em diversas atividades, etc. Fiz isto, ressuscitando antigos hobbies, e curei-me…

E você, como está a imagem em sua TV? Está fixa em um trabalho intenso, sem horas para acabar? Gosta ou acha bonito isto? Acha que isto aumenta sua produtividade ou apreciação pelos outros que trabalham com você? Ou a tela de sua TV foi substituída pela do “lap top”, tablet ou celular?  Pense bem, e coloque em seu programa de vida novas imagens… Isto aumentará seu rendimento, criatividade, saúde e relacionamento, pode ter certeza.

Em alguns países nos quais tive contatos profissionais, isto é seguido à risca. Horário de trabalho, trabalho eficaz; horário de lazer, lazer; horário de descanso, descanso…  E que produtividade é alcançada!

Pense bem nisto! E tenha uma TV mental cheia de novos e variados programas!

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Compartilhe:
Publicação anteriorEste é o menor computador do mundo ao lado de um grão de arroz
Próxima publicaçãoBrasil chega a marca de 1 GW de potência gerada por energia solar fotovoltaica
É graduado em Engenharia Elétrica (Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL), e pós-graduado em Docência do Ensino Superior em Educação. Foi professor, desde 1964, em diversos cursos técnicos, de engenharia, e de extensão, em diversas áreas técnicas, bem como em empreendedorismo e inovação. Também criou e coordenou diversas atividades ligadas ao desenvolvimento do empreendedorismo, no Inatel. Atualmente participa de programas de extensão e pesquisa ligados ao empreendedorismo, criatividade e inovação.