Pois é… Em todos os cenários que ocorrem sempre que novas tecnologias provocam mudanças na sociedade, e consequentemente nos nossos modos de viver e conviver, gostaria de continuar refletindo sobre um detalhe que preocupa cada vez mais: e como fica o emprego, meio de subsistência para a grande maioria de nós?

Já tivemos a oportunidade de conversar sobre a eliminação de vários tipos e modalidades de empregos com o advento das novas tecnologias, bem como a criação de novas formas de trabalho, as quais ainda nem conseguimos imaginar… Mas, que de todo modo, exigirão qualificações substanciais…

E é sobre isto que gostaria de pensar um pouco, neste “Engenharia em Pauta”. As novas tecnologias são complexas e se entrelaçam, apresentando–nos novos problemas a cada dia, e muitas vezes bem complexos – e aí, estaremos preocupados em nos capacitarmos e nos prepararmos para, criativamente, resolver estes problemas? Outro ponto a pensar: estamos cercados de coisas novas, que usam novas tecnologias; estaremos nos protegendo, conseguindo ter uma visão bem crítica e criativa a respeito do que realmente nos é útil neste “oceano”, para “pescar o peixe certo”?

Estaremos entendendo de que não podemos saber tudo de tudo, e então aceitar que temos que compartilhar informações? Temos também que aprender a nos relacionar com pessoas de diversas culturas e modos de pensar, já que estamos vivendo em um mundo globalizado… Estaremos abertos a criticas e sugestões, ou nos consideramos uma fonte perene de certezas? É, meu amigo, minha amiga, o mundo está fluido e alterando-se com rapidez, e as coisas em consequência estão movendo- se também com rapidez! Assim, é preciso ouvir e pensar bastante, para tomarmos decisões acertadas, ou pelo menos melhores, nos mais diversos campos de nossa vida…

Saberemos negociar com acerto? Estaremos dispostos a negociar em um sistema “ganha-ganha”, em que todos saem vencendo e não se perde tempo (que está cada vez mais curto…) com discussões, demandas e confusões? É bem melhor assim, em um mundo complexo como o nosso.

Uma boa notícia é que este mundo está trazendo para nós um ambiente pleno de oportunidades e, consequentemente, de riscos… Quanto às oportunidades, iremos atrás delas, em um novo e inovador emprego ou empreendimento? E se formos e errarmos, já que os riscos sempre estarão presentes, estaremos prontos para aprender com os erros e melhorar?

E estaremos prontos para conviver com os “novos” no mercado de trabalho, os “entrantes”? Na maioria das vezes eles serão da “Geração Z”, os “Nativos Digitais”. E eles têm um comportamento bem diverso do nosso quando nós, os mais “vividos”, fomos os entrantes…  Vamos discutir um pouco sobre isto nos próximos “Engenharia em Pauta”, mas já posso afirmar que eles estão bem mais adaptados às mudanças, anseiam por elas, e são muito criativos. Que bom!

Resumindo: estamos atentos e nos preparando para este novo mundo? Tomara!

Até a próxima! 

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.