Interessante!  Como as coisas mudam com o tempo – e sempre foi assim! Só que as mudanças agora estão se acelerando cada vez mais, novas tecnologias e modos de fazer as coisas estão aparecendo, e com cada vez maior velocidade – e às vezes fica difícil entender as mudanças e as adaptações necessárias que temos que fazer para que nos adaptemos a esta nova era, a Era da Informação.

Neste “Engenharia em Pauta” vamos dar uma olhada e fazer uma reflexão a respeito da terceira característica dos “6D’s da Exponencialidade”, que são Digitalização, Dissimulação, Disrupção, Desmonetização, Desmaterialização, Democratização (1), que caracterizam o novo perfil dos negócios (e mesmo carreiras…) no nosso interessante tempo. Vamos em frente, então, com a “Disrupção”. Todos nós seguramente estamos percebendo que novas tecnologias estão rapidamente entrando nos negócios, provocando o nascimento de novos produtos e serviços e mesmo extinção dos antigos, provocando uma verdadeira “ruptura” nos modos de fazer as coisas… E tudo começa de modo bem lento, e depois “explode”… Alguns exemplos, que falam por si mesmos: Uber, Netflix, telefonia celular, GPS e suas diversas aplicações, etc. – e a lista é muito comprida, não?

Então procure refletir, em relação ao seu negócio ou mesmo adaptando as perguntas abaixo à sua carreira:

  • Você inovou, criando um novo modo de fazer algo, uma nova tecnologia, etc. Então, já a lançou, de modo efetivo, de modo que esta inovação seja realmente conhecida pelo público alvo, e mesmo pela sociedade em geral?
  • Está observando se o que criou está impactando a sociedade, de qualquer modo?
  • A inovação que você criou está crescendo rapidamente, ou não impressionou ninguém?
  • Se não impressionou, você estudou as causas deste fato?
  • Está disposto a trabalhar para “atacar” estas causas, e resolver eventuais problemas?
  • Se a inovação está crescendo rapidamente, você está preparado para tal?
  • Está preparado para eventuais desdobramentos, positivos ou negativos, que possam advir deste crescimento?
  • Está preparado para a ação de concorrentes?
  • Já pensou em novas aplicações da sua inovação?
  • Está disposto a continuar a trabalhar nela?

E aí, tudo bem com suas “disrupções”? Então, até o próximo “Engenharia em Pauta”…

Referência:

(1) DIAMANTIS, PETER H. e KOTLER, STEVEN. Bold: How to Go Big, Create Wealth and Impact the World. Londres: Simon & Schuster, 2016.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Compartilhe:
Publicação anteriorFord vai apresentar o novo EcoSport na Campus Party Bahia
Próxima publicaçãoPrograma de estágio do Facebook está com vagas abertas para diversas engenharias

É graduado em Engenharia Elétrica (Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL), e pós-graduado em Docência do Ensino Superior em Educação. Foi professor, desde 1964, em diversos cursos técnicos, de engenharia, e de extensão, em diversas áreas técnicas, bem como em empreendedorismo e inovação. Também criou e coordenou diversas atividades ligadas ao desenvolvimento do empreendedorismo, no Inatel. Atualmente participa de programas de extensão e pesquisa ligados ao empreendedorismo, criatividade e inovação.