Tudo sobre o curso de Engenharia de Minas

É a engenharia responsável pela pesquisa, prospecção, extração e do aproveitamento de recursos minerais. O engenheiro de minas atua na área de tecnologia mineral, desde a prospecção (busca de depósitos minerais), a lavra (extração do minério) até o beneficiamento (processamento, separação e concentração do material extraído) para adequá-lo às especificações produtivas.

O engenheiro de minas também tem como finalidade localizar jazidas, analisar o tamanho das reservas e a qualidade do minério no local. Estuda as possibilidades técnicas e econômicas da exploração do depósito mineral, ainda elabora e executa o projeto de extração, escolhendo os equipamentos adequados e determinando os recursos humanos e materiais necessários para aquele determinado trabalho.

No geral, o engenheiro de minas atua em companhias mineradoras, mas pode trabalhar também em pedreiras, construtoras de estradas e empresas de demolição. Trabalha com tecnologias de última geração e com reciclagem de produtos industriais ou com a prospecção de jazidas. A legislação ambiental exige que esse profissional tenha como objetivo minimizar o impacto da extração sobre o meio ambiente.

Graduação:

O curso de engenharia de minas nos primeiros anos possui as disciplinas básicas de engenharia. Já nos anos finais, aprofundam-se os estudos sobre rochas e seu beneficiamento, com disciplinas de física, química, mineralogia, topografia, geologia e reciclagem de rejeitos e resíduos.

Também são realizadas visitas a empresas de mineração. Durante todo o curso, é intensa a atividade em laboratórios de ensaios e em projetos de engenharia.

Possíveis especializações:

O engenheiro de minas pode se especializar nas mais diversas áreas, como, por exemplo, beneficiamento e processamento, lavra, mecânica da rocha, prospecção, entre outras.

Mercado de trabalho:

A crise econômica internacional em 2008 fez o Brasil perder a liderança na produção de minério de ferro. Mas esse é um quadro que já está sendo revertido. Empresas do setor esperam um aumento de 50% na produção de minério de ferro até 2015, graças à demanda do mercado nacional e, principalmente, da China, um dos maiores importadores do minério brasileiro.

A exploração do pré-sal também aquece o mercado, já que o engenheiro de minas atua na exploração do petróleo. Outras empresas que também carecem desse engenheiro são as de softwares específicos para a exploração de minas e as de comercialização de produtos e equipamentos de mineração. No primeiro caso, o engenheiro é contratado para dar treinamentos e operar o software em projetos. Já no segundo, é requisitado para vender os equipamentos.

Fonte da imagem  shutterstock.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.