Tudo sobre o curso de Engenharia Eletrônica

A engenharia eletrônica é responsável pelo projeto e desenvolvimento de componentes, equipamentos e sistemas eletroeletrônicos, utilizados na área de automação industrial, sistemas de potência, bioengenharia e eletrônica de consumo (rádio, TV e vídeo).

O engenheiro desta área atua na projeção, desenvolvimento e gerenciamento de novos sistemas eletroeletrônicos ou equipamentos para ser usados na indústria; na instalação, operação e manutenção de equipamentos eletroeletrônicos e também como assessor de empresas na elaboração e execução de projetos e sistemas eletroeletrônicos ou de equipamentos.

Graduação:

O curso de graduação de engenharia eletrônica conta, nos dois primeiros anos, com matérias da área de exatas, como cálculo diferencial, física, matemática, geometria, desenho técnico e estrutura de dados.

Após o ciclo básico, começam as disciplinas mais específicas, como sistemas digitais, circuitos elétricos, eletrônica e electromagnetismo.

Possíveis especializações:

A especialização do engenheiro eletrônico pode ser voltada à instalação, a operação e manutenção de sistemas e equipamentos, entre outras deste mesmo segmento.

Mercado de trabalho:

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE), o faturamento do setor cresceu 11% no primeiro trimestre de 2011, em comparação com o mesmo período do ano passado.isso significa que o mercado está em expansão e, como consequência, demanda o trabalho do engenheiro eletrônico.

A demanda do setor é 50% maior do que a formação de profissionais na área. Os principais empregadores são empresas de eletrônicos, telecomunicações, informática e redes de computadores.

Fonte da imagem shutterstock