Dubai quer ter 75% de sua eletricidade proveniente de fontes renováveis

Dubai é uma cidade com muitos projetos ambiciosos, e no setor energético não é diferente. A cidade pretende ter energia solar em todas as coberturas de seus edifícios até 2030. O objetivo está diretamente ligado às estratégias para mitigar as emissões de gases de efeito estufa.

Será investido US$ 27 bilhões para tornarem os sistemas fotovoltaicos mais competitivos e acessíveis. Além disso, Dubai receberá novas instalações de redes inteligentes e capital para financiar pesquisas de desenvolvimento do setor.

A belíssima Dubai não pretende parar por aí, eles querem atingir uma meta de 75% de toda eletricidade gerada ser proveniente de fontes renováveis, isso até 2050, com a intenção de ter, pelo menos, 7% de sua energia proveniente do sol até 2020.

A cidade tem feito grandes investimentos em usinas solares, aproveitando a posição geográfica privilegiada para esse tipo de energia renovável. A maior usina solar do mundo já está sendo construída em Dubai. Será chamada de Mohammed Bin Rashid Al Maktoum Solar Park e deve começar a funcionar em 2017, produzindo, inicialmente, 800 megawatts de energia – a atual maior usina solar do mundo fica localizada na califórnia e produz 392 MW de energia – em 2030 eles esperam que a usina gere cinco mil megawatts.

Com todos esses projetos, eles preveem que Dubai será a cidade com menor pegada de carbono do mundo em 2050.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.