A Kengo Kuma acaba de lançar uma escultura em espiral, que purifica o ar, ela é capaz de absorver as emissões produzidas por 90 mil carros em um ano.

O equipamento é feito de um tecido de ponta com um núcleo ativado por nano-moléculas que separa e absorve moléculas tóxicas. Desenvolvido pela Anemotech  este material neutralizador de poluição usa o fluxo natural de ar para purificar o ambiente.

Criado a partir de 120 painéis o “ Breath ” tem cerca de seis metros de altura. Os 175 metros quadrados de tecido da instalação são suficientes para absorver os compostos orgânicos voláteis (COVs) de cerca de 90.000 carros por ano. O espiral possui uma única haste de fibra de carbono que é fixada por 46 juntas originais impressas em 3D, que foram feitas com uma impressora HP Multi Jet Fusion .

Toda a estrutura do equipamento foi desenvolvida usando software e ferramentas avançadas da Dassault Systèmes . Na verdade, a empresa francesa – líder no mundo do design 3D – convidou e inspirou Kuma a explorar o tema “Design na Era da Experiência”. Juntamente com a espiral de Kuma, a Dassault Systèmes apresentou outras obras ecológicas de Daan Roosegaarde e Wesley Goatley e Superflux na Milan Design Week 2018.

A poderosa estética da instalação de purificação de ar da Kuma oferece uma ótima solução de energia zero para cidades contaminadas. A instalação corajosamente transforma o quase invisível problema da poluição do ar em uma experiência visível e tangível.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.