200 GW de energia solar. US$ 200 bilhões. 100.000 empregos. Esses são os números ligados ao SoftBank Solar Project, que está prestes a se tornar a maior fazenda de energia solar do mundo, graças a um acordo assinado pela Arábia Saudita e pelo conglomerado japonês SoftBank.

Os sauditas e SoftBank fizeram a assinatura do memorando de entendimento, e agora estão avançando no desenvolvimento de energia solar maciça que podem ver centenas de gigawatts instalados até 2030. O fundador da SoftBank, Masayoshi Son e príncipe saudita Mohammed Bin Salman apresentaram o plano no início desta semana; o príncipe disse: “É um grande passo na história da humanidade. É corajoso, arriscado e esperamos ter sucesso no que estamos fazendo.”

O projeto está previsto para ser implementado no deserto da Arábia, disse o site Bloomberg. De acordo com dados da Bloomberg New Energy Finance, que poderá ser em torno de 100 vezes maior que qualquer outra fazenda de energia solar do planeta e poderia gerar mais do que o dobro do que toda a indústria mundial de fotovoltaica gerou no ano passado.  ”O investimento de US$ 200 bilhões irão para a painéis solares, baterias de armazenamento, e instalação de uma fábrica de painel solar na Arábia Saudita”, de acordo com a Reuters. Fase inicial do projeto será de 7,2 gigawatts e custou US$ 5 bilhões.

O SoftBank Solar Project poderá marcar um enorme passo para a geração de energia limpa na Arábia Saudita; Bloomberg disse que o país tem apenas projetos de energia solar em pequena escala operando no momento e Reuters disse geograficamente será vantajoso, pois não um dos países mais ensolarados do mundo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.