Ao longo dos últimos 20 anos, vimos um declínio dramático nas populações de abelhas com resultado de pesticidas prejudiciais e outros desafios ambientais. Então, o Michael Candy propôs uma solução única. O projeto Synthetic Pollenizer do artista combina polinização artificial com impressão em 3D para proporcionar um espaço seguro para que as abelhas continuem seu trabalho importante como polinizadores, sem alguns dos riscos inerentes.

O Polinizador Sintético é um projeto conceitual que usa um sistema de flores robóticas para que as abelhas polinizem como fazem com as plantas reais (potencialmente contaminadas com pesticidas). As pétalas robóticas podem estar ao lado de plantas reais e possuem pólen, néctar e tecido sintético.

“Levaram vários anos para fazer com que as abelhas aterrissassem com êxito nos polinizadores sintéticos”, disse Candy. “A cor e a forma da unidade são importantes para a atração, pois as abelhas têm uma variedade de maneiras de identificar as flores”.

As flores estão conectadas a uma rede de motores e tubos que empurram uma solução de néctar artificial para a superfície da pétala. As abelhas pegam o pólen do mesmo modo que fazem em uma flor real.

”então o Polinizador Sintético poderá reabilitar o ciclo reprodutivo dessas culturas geneticamente modificadas”, disse Candy.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.