Imagem: divulgação

Há planos para uma linha subterrânea que liga Liverpool a Manchester que se chamará “Hover Train” que poderia viajar (50 quilômetros em linha reta) de uma cidade para outra em apenas sete minutos.

A empresa responsável por isso é a Direct City Networks (DCN), o objetivo dela é criar “o sistema de metrô mais rápido do mundo”. O trem DCN300 seria um sistema de levitação magnética (Maglev) onde os veículos pairam acima dos trilhos e são impulsionados por ímãs com carga elétrica.

Veículos que usam o sistema de levitação podem chegar até 563 quilômetros por hora, mais rápido do que todos os trens convencionais da Europa. O plano da DCN colocaria trens de Maglev em um túnel que passaria através do norte da Inglaterra. Seus planos iniciais sugerem que a viagem de Liverpool para a cidade de Hull, que tem cerca de 178 quilômetros, poderia demorar apenas 29 minutos, segundo o jornal britânico Liverpool Echo.

Uma proposta foi submetida ao grupo Transport for the North, órgão governamental que busca melhorar as conexões de transporte da região. Acredita-se que os candidatos do Partido Trabalhista da Inglaterra para os cargos de prefeito de Liverpool e Manchester – Steve Rotheram e Andy Burnham respectivamente –estejam analisando cuidadosamente o projeto.

Essa inovação está prevista para ser lançada publicamente num futuro próximo, mas o jornalLiverpool Echo teve acesso a mais detalhes da proposta. O maglev poderia trabalhar junto da Northern Powerhouse Rail, a proposta de ligação ferroviária de alta velocidade de Liverpool para Manchester e Leeds. Uma outra proposta no projeto é uma linha de trem maglev entre Manchester e Leeds – cerca de 57 quilômetros –, que faria o trajeto em cerca de 9 minutos.

Essa linha poderia então ser estendida para Liverpool e Hull, o que significa que também seria utilizada pelo tráfego de mercadorias entre os dois portos existentes nas cidades. A DCN acredita que um túnel seria a melhor opção para a linha, pois permitiria o tráfego em linha reta e evitaria os custos e interrupções associados à construção de uma nova linha interurbana no nível do solo.

A empresa já trabalhou com a Hyperloop, empresa de Elon Musk que quer operar cápsulas magnéticas a mais de 965 quilômetros por hora. Mas enquanto a proposta de Musk seria bombear ar de tubos para que os vagões pudessem correr ainda mais rápido, o plano da DCN faria os vagões correrem através de túneis à pressão de ar normal.

O custo inicial para a construção que liga Manchester a Leeds poderia estar entre 2,2 e 3,7 bilhões de libras (cerca de 8,3 e 14 bilhões de reais). Mas a DCN estima que a linha poderia promover o crescimento das duas cidades em até 1,3 bilhão de libras (cerca de 4,9 bilhões de reais) no ano, além de criar 48.000 postos de trabalhos.

A DCN irá em breve revelar suas primeiras propostas e, em seguida, irá realizar um estudo de viabilidade detalhada para atrair os bilhões de libras de investimento que seriam necessários. Os conselheiros da DCN no projeto incluem a empresa de contabilidade internacional KPMG, engenheiros da Arup e consultores do Imperial College de Londres.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.