China fez o seu primeiro teste com um avião hipersônico, a fim de desenvolver no futuro veículos 10 vezes mais rápido do que os de hoje.

O chamado Xingkong-2 foi lançado em uma área não identificada no noroeste do país, alcançou 30 quilômetros de altura e velocidades de 7.300 quilômetros por hora aterrissando em um Área designada após dez minutos de voo.

Desenvolvido por uma corporação chinesa, o veículo tem um design especial que tira proveito de suas próprias ondas de choque que ocorrem quando voando para alcançar velocidades ultra-rápidas.

Com o teste, a China se junta a EUA e Rússia na pesquisa de veículos hipersônicos, atualmente focadas principalmente em seu possível uso militar, porque a alta velocidade e imprevisibilidade do seu voo pode torná-los imunes a sistemas anti-mísseis convencionais.

O jornal Global Times ressalta que a Xingkong-2 poderia ser carregado com ogivas, tanto nuclear quanto convencional, enquanto o China Daily observa que o marco alcançado pelo país asiático ainda está longe do HTV-2 americano, que em abril de 2010 alcançou um velocidade recorde de 21 mil quilômetros por hora.

A Rússia, tinha o Mikoyan-Gurevich, capaz de atingir 3.470 mph, quase quatro vezes mais rápido do que uma aeronave comercial convencional, com velocidades de cerca de 900 km/h.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.