CO2
imagem: pixabay

Hoje, 97% dos cientistas climáticos concordam que os humanos mudaram drasticamente a atmosfera da Terra com uma das maiores ameaças à civilização, o aquecimento global.

Pesquisadores em todo o mundo estão trabalhando em busca de formas inovadoras de combater e reverter alguns dos danos causados ​​ao planeta.

Recentemente, Haotian Wang, um membro do Instituto Rowland da Universidade de Harvard, criou um sistema aprimorado para usar a eletricidade renovável para transformar dióxido de carbono (CO2) em monóxido de carbono (CO) para o uso de processos industriais.

O objetivo é que um dia o mundo seja capaz de pegar gases de efeito estufa que são lançados na atmosfera de lugares como usinas de energia e colocá-los através de reatores catalíticos que transformam esses gases de efeito estufa em combustíveis que apenas emitem oxigênio.

O efeito estufa

Os gases do efeito estufa, como o dióxido de carbono e o metano, prendem o calor que está tentando escapar da atmosfera terrestre. A quantidade certa desses gases tem um papel neste planeta, apoiando grande parte da vida na terra.

No entanto, gases de efeito estufa em excesso podem colocar os sistemas naturais da Terra de fora, afetando a maneira como o planeta regula o clima.

Adeus CO2

Uma melhoria do antigo sistema proposto em 2017, esses novos dispositivos ou células poderiam ser usados ​​para combater o CO2 em indústrias que produzem grande parte do gás de efeito estufa.

O pequeno sistema eletrocatalítico de redução de CO2 toma o gás de efeito estufa e o transforma em produtos químicos úteis por meio de um processo sustentável. Wang descreve o processo no Cell Press Journal, afirmando : “A idéia mais promissora pode ser conectar esses dispositivos com usinas elétricas movidas a carvão ou outra indústria que produz muito CO2. Cerca de 20% desses gases são CO2, então se você pode bombeá-los para essa célula … e combiná-los com eletricidade limpa, então podemos potencialmente produzir produtos químicos úteis a partir desses resíduos de forma sustentável, e até mesmo fechar parte desse ciclo de CO2. ”

Wang revelou que apenas uma célula de 10 por 10 centímetros pode produzir até quatro litros de CO por hora de CO2. Este processo é empolgante devido à sua escalabilidade e baixo custo, levando a uma ampla gama de possibilidades em um futuro próximo.

Como afirmado por Wang, “Em última análise, pode chegar o dia em que a indústria será capaz de capturar o CO2 que agora é liberado na atmosfera e transformá-lo em produtos úteis”.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.