A história começa quando Gerald Cotten fundou uma casa de câmbio de criptomoedas no Canadá, arrecadou milhões de dólares de clientes que quiseram apostar nesse tipo de investimento, armazenou tudo em uma “cold wallet” – uma espécie de “poupança” que não está conectada à internet – protegeu tudo com uma senha que só ele sabia. Só que ninguém contava que ele vinha a falecer.

Agora, a casa de câmbio QuadrigaCX está devendo para seus clientes US$ 190 milhões, cerca de quase R$ 700 milhões, simplesmente porque ninguém além do dono que morreu sabe a senha da cold wallet. O site da casa de câmbio saiu do ar recentemente e a empresa entrou com pedido de proteção ao credor para lidar com o que chamaram de “problemas de liquidez”.

Porém, foi a esposa de Cotten que explicou o acontecimento nos tribunais, afirmando que não possuía a senha para acessar o armazenamento das criptomedas dos clientes de seu marido. Além disso, casa de câmbio também teve vários problemas de processamento bancário e de pagamentos, com algumas outras organizações detendo fundos da QuadrigaCX.

A história, no entanto, pode estar sendo mal contada, de acordo com alguns investidores: clientes da QuadrigaCX afirmaram terem testemunhado movimentações em suas carteiras de criptomoedas depois do problema ter sido tornado público pela casa de câmbio. Teoricamente, sem a senha para o acesso, não deveria haver nenhuma atividade relacionada aos valores.

Caso a história de que a senha teria sido perdida com a morte do fundador da casa de câmbio seja real, milhares de investidores podem ficar sem o dinheiro de suas criptomoedas, que ficarão perdidas para sempre na cold wallet criptografada da QuadrigaCX.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.