Omar Sultan Al-Ulama, novo ministro dos Emirados Árabes Unidos para Inteligência Artificial

Os Emirados Árabes Unidos fizeram recentemente um anuncio ousado que talvez seja a demonstração mais forte do endosso oficial de qualquer governo sobre a tecnologia da Inteligência Artificial. Um ministro da Inteligência Artificial foi nomeado.

O título oficial será Ministro de Estado para Inteligência Artificial, e as atividades do cargo coincidirão com um esforço governamental abrangente que integrará todas as tecnologias IA na sociedade.

O jovem nomeado é Omar Sultan Al-Ulama de 27 anos, que traz sua experiência como Diretor Adjunto do Departamento do Futuro e agora Diretor Geral da Cúpula do Governo Mundial para o cargo.

O anúncio veio do vice-presidente dos Emirados e do primeiro-ministro Sheikh Mohammed, parte de uma reestruturação geral do gabinete: “Anunciamos a nomeação de um ministro da inteligência artificial. A próxima onda global é a inteligência artificial e queremos que os Emirados Árabes Unidos estejam mais preparados para isso”.

“O novo governo dos Emirados Árabes Unidos visa promover o conhecimento, a ciência e a pesquisa, além de envolver os jovens na liderança da nação”, afirmou Sheikh Mohammad, enfatizando o verdadeiro propósito por trás da reestruturação como “uma renovação de sangue, um catalisador para a mudança e uma preparação para a próxima etapa do caminho da nossa nação”.

Com um aceno para o ministro da IA ​​e o Ministro de Estado de Ensino Superior, Sheikh Mohammed atribuiu o Ministro da Educação com a tarefa de desenvolver um portfólio de Habilidades Avançadas, um reconhecimento da forte ligação entre mão-de-obra  assistida por IA, economia e educação que existe no futuro, dizendo: “A tecnologia avançada criará novos empregos e reduzirá a metade dos empregos existentes dentro de apenas dez anos”.

Também foram importantes as nomeações de Mariam Al Muhairi e Sara Al Amiri como Ministro de Estado da Segurança Alimentar e Ministro de Estado de Ciências Avançadas, respectivamente.

“Também nomeamos Sara Al Amiri como ministra de Estado que será responsável pelo portfólio de Ciências Avançadas. Sua tarefa será focada na pesquisa, desenvolvimento e construção de capacidades científicas. Sara também será responsável pelo Conselho dos Cientistas dos Emirados Árabes Unidos e ela liderará com capacidade a missão dos Emirados Árabes Unidos para Marte”.

A abordagem prospectiva dos Emirados Árabes Unidos para abraçar e fazer esforços para integrar novas tecnologias vitais ganhou o respeito por muitos países do mundo. Este é o mais evidente apoio generoso que colocou em desenvolvimento uma série de vários projetos centrados em tecnologia solar e carros autônomos.

Embora a iniciativa do Centenário 2071 dos Emirados Árabes Unidos seja bastante ambiciosa, esta reestruturação oficial de liderança é, sem dúvida, a base para o cumprimento dos objetivos estabelecidos. O perigo não está na própria Inteligência Artificial, mas em países que adotam projetos de P&D para a tecnologia sem colocar um plano sólido, ou seja, uma abordagem integrativa sólida. Os Emirados Árabes Unidos estão provando com suas ações recentes que pode ser um modelo neste domínio.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.