Graças aos pesquisadores do MIT, a impressão 3D está dando um salto para o mundo do vidro. Acredite ou não, o vidro fundido é a última parte da impressão 3D que o MIT acredita que mudará o mundo.

Os pesquisadores Chikara Inamura, Michael Stern, Daniel Lizardo, Peter Houk e Neri Oxman publicaram suas descobertas na revista 3D Printing and Additive Manufacturing. Não apenas o sistema que eles criaram oferece controle sobre o material de vidro quente, mas também cria um produto final de última geração.

A combinação de fabricação aditiva com vidro fundido “apresenta um caminho potencial para a produção de geometria altamente complexa e objetos personalizados, mantendo a transparência óptica e a estabilidade química disponíveis através de processos de fabricação tradicionais”, afirma a pesquisa.

O que esta impressora 3D faz?

A impressora G3DP2 é “uma nova plataforma para vidro fundido que combina sistema de controle térmico de três zonas digitalmente integradas com o sistema de controle de movimento de quatro eixos, introduzindo capacidades de produção em escala industrial com maior taxa de produção e confiabilidade, garantindo precisão e repetibilidade do produto, todas anteriormente inatingíveis para o vidro.”

Essa é a primeira vez que os pesquisadores do MIT acreditam que uma impressora 3D oferecerá transparência ideal para criar impressão em vidro sinterizado de alta resolução.

“Essa abordagem é adequada para fabricar peças pequenas e altamente detalhadas, como microfluídica e óptica, pois oferece alta precisão e transparência óptica”, afirma a pesquisa.

A inovação, segundo o MIT, poderá ser usada para as áreas de decoração ou construção. Eventualmente, esta impressora 3D pode atingir o mercado e ajudar as pessoas a construir mais perfeição do que nunca.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.