A vespa-oleira que ganhou esse nome porque, assim como o oleiro constrói usando barro, tem como processo  de fabricação o depósito de diversas camadas de lama, uma sobre a outra, em formato circular até formar seu ninho, o qual se assemelha a uma pequena panela de barro. Esse inseto peculiar é considerado um dos arquitetos na natureza.

A empresa italiana fundada em 2012 que tem como uma de suas metas unir a tecnologia voltada para às ações socais na construção civil, viu nesse pequeno inseto, a vespa oleira, a inspiração necessária para um projeto audacioso e ao mesmo tempo nobre, construir casas com valores acessíveis, resistentes e sustentáveis.

WASP, que significa “vespa” em inglês, também é uma sigla para “World’s Advanced Saving Project” e a forma de construir moradias sobrepondo camadas de argila, utilizando para isso uma impressora 3D vem da observação curiosa da engenhosidade desse pequeno inseto.

O foco da empresa é ajudar vítimas de desastres naturais e pessoas que nem ao menos conseguem sonhar em ter sua casa própria, por ser uma realidade distante de suas condições financeiras. A vantagem da impressão 3D é a redução significativa na mão de obra necessária para a construção das casas, além de abrir um leque de novas opções para o futuro arquitetônico.

Nesse novo modo de construir, a empresa criou a Big Delta, maior impressora 3D do mundo, com 12 m de altura, que será utilizada para construir as moradias em locais com pouca ou ainda nenhuma estrutura, para isso, houve uma preocupação com o consumo de energia que de acordo com a empresa, a impressora consome no máximo 1,5 kw/h e na ausência de rede elétrica com um único painel solar ela é capaz de entrar em funcionamento.

Uma variedade de materiais foram testados no equipamento, incluindo concreto, serragem, material reciclável e até cogumelos, como mycelium com o intuito de aumentar a resistência das estruturas impressas.

Como ideal, a WASP almeja criar uma vila auto sustentável inteiramente feita através da impressão 3D, utilizando argila, com adaptação para receber fiação e rede hidráulica, de fato, tal feito no futuro vai revolucionar o modo de construção.

Veja mais imagens abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.