O novo Subaru Forester, que é um dos mais vendidos da marca fez a sua estreia no New York International Auto Show na quarta-feira. Este modelo pretende integrar diversas novas formas de tecnologia inteligente para melhorar a experiência do motorista e, particularmente, melhorar a sua segurança.

O novo modelo da Subaru inclui tecnologia para assistir o condutor, é denominada de EyeSight. A tecnologia EyeSight inclui algo totalmente novo nos modelos Subaru: reconhecimento facial.

E este reconhecimento facial não serve apenas para o carro reconhecer a identidade do condutor. Esta inteligência consegue reconhecer sinais faciais que podem indicar fatiga ou distração por parte do motorista. Esta funcionalidade em particular é denominada DriverFocus e a Subaru descreve-a como um “sistema de monitorização do condutor que usa software de reconhecimento facial para encontrar sinais de fatiga ou distração no condutor”.

Esta tecnologia serve para mais do que apenas segurança: o software do carro consegue memorizar a identidade de 5 usuários e de todas as suas preferências de condução, como por exemplo, a posição do banco, o clima e as preferências no sistema de infotainment.

O sistema de segurança EyeSight inclui outras ferramentas para proteger o condutor, entre elas, travão automático de pré-colusão, afastamento automático das bermas da estrada, avisos em relação a solavancos, assistência na condução em locais apertados etc.

Este da Subaru não seguiu o caminho que outras marcas escolheram para os seus sistemas de segurança. A Nissan ou a Cadillac estão apostando em sistemas mais autônomos e sem a interferência do condutor. No sistema da Subaru não podemos falar em “hands-free”(mãos livres). Porém, este nível de reconhecimento facial e as suas aplicações práticas são sem dúvida únicas na indústria.

O reconhecimento facial tem cada vez mais utilização em outras áreas tecnológicas, como a área dos smartphones ou dos computadores híbridos que já incluem mecanismos de desbloqueio com recurso a reconhecimento facial, mas de fato esta tecnologia não tem encontrado popularidade entre os produtores de automóveis. Talvez este passo da Subaru venha a fazer com que tudo isso mude?

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.