O ano era 2015, e o Google começava a vender planos de celular nos Estados Unidos. Trata-se do Project Fi: os clientes pagam US$ 20 mensais por voz e SMS ilimitados, mais US$ 10 por gigabyte utilizado. Isso poderia ser um problema para quem usa muitos dados, no entanto.

Por isso, o Google anunciou o Bill Protection: se o cliente consumir mais de 6 GB, ele vai pagar um valor fixo de US$ 60. Não haverá mudança na velocidade para consumo de até 15 GB; mais que isso, e a conexão será reduzida para até 256 Kb/s.

De acordo com a empresa, menos de 1% dos usuários do Project Fi ultrapassam 15 GB mensais. Mas, se alguém quiser manter a velocidade normal após essa franquia, pode pagar US$ 10 por gigabyte.

O Project Fi permite ainda enviar SMS ilimitado mesmo no exterior, sem custo adicional. Além do mais, é possível usar dados pagando US$ 10/GB em mais de 135 países — incluindo o Brasil — sem cobrança de roaming. As ligações, por sua vez, custam US$ 0,20 por minuto quando realizada fora dos Estados Unidos.

O Google atua como uma operadora virtual (MVNO) utilizando as redes da Sprint, T-Mobile e US Cellular. O Project Fi conecta o aparelho automaticamente a redes Wi-Fi abertas com boa velocidade — e ativa uma VPN — para economizar dados e até realizar chamadas.

Apenas alguns dispositivos são compatíveis, como por exemplo os modelos Moto X4, Nexus 6P, Nexus 5X e smartphones Pixel. “Eles funcionam com o chip do Project Fi, que oferece suporte a várias redes celulares, e têm um rádio celular de última geração para funcionar em todo tipo de rede”, explica a empresaem seu site.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Para você que está procurando Bolsa de Estudo, temos bolsas de até 75% em mais de 1.200 faculdades de todo o Brasil. Encontre a sua Bolsa de Estudo clicando aqui.