Satélite desenvolvido por estudantes brasileiros vai para o espaço

(Imagem: JAXA)

O Alunos do ensino fundamental de Ubatuba desenvolveram um nanossatélite chamado: UbatubaSat. E o equipamento foi lançado no Centro Espacial Tanegashima, no Japão, essa semana.

Ele será liberado no espaço no dia 19 de dezembro de 2016, a expectativa é grande, eles esperam que a partir do dia 21, o equipamento já esteja na órbita operacional esperada. A liberação final será feita por um lançador especial de nanossatélites montado no laboratório japonês Kibo.

Com isso, este projeto fará com o que o primeiro satélite desenvolvido totalmente no Brasil funcione em órbita. Ele poderá registrar a distância de sondas espaciais, detectar a formação de bolhas no espaço e também fazer contato com radioamadores e transmitir mensagens que foram gravadas por estudantes.

A cabeça por trás do desenvolvimento do satélite é o professor Cândido Osvaldo de Moura. Ele iniciou o projeto em 2010, e levou três anos para ficar pronto. Seis alunos foram responsáveis pelo desenvolvimento do equipamento, mas  desde que começaram o projeto, aproximadamente 400 estudantes já passaram pelo projeto, que engloba outras atividades de desenvolvimento científico.

O professor e seus alunos acompanharam o lançamento do satélite da sede do Inpe, em São José dos Campos. “A maior conquista é o aprendizado do aluno. O que a gente quis foi colocar os alunos em contato com a ciência e a tecnologia desde cedo. Este sucesso a gente já conquistou”, disse Cândido.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.