A história de um ícone: os 49 anos do Chevrolet Camaro

Classificado desde seu nascimento, em 1966, como pony car e/ou muscle car, Chevrolet Camaro foi concebido com o intuito de disputar mercado com o Ford Mustang, seu maior rival na época. Abaixo, vamos estar listando resumidamente a história do Camaro, e não deixe de assistir no final deste artigo, um excelente documentário na fabrica da GM.

camaro primeira geração 1
Camaro 1ª Geração

A primeira geração do Camaro começou a ser produzida e vendida em setembro de 1966, mas seu ano-modelo já era 1967; sua plataforma era a mesma utilizada pelo Pontiac Firebird e os motores eram V8 ou de seis cilindros em linha.

Com três anos de vida (1967 a 1969), a primeira geração teve quatro versões de acabamento durante sua existência — standard, Super Sport (SS), Rally Sport e a superesportiva Z/28 — e foi Pace Car das 500 Milhas de Indianópolis.

camaro primeira geração

A segunda geração surgiu em fevereiro de 1970 e durou até 1980 (como modelo 1981), sendo que nos anos de 1974 e 1978 algumas estilizações leves foram introduzidas.

O Camaro 2 era mais comprido, largo e mais baixo que o primeiro; curiosamente, nesta geração a configuração conversível deixou de ser oferecida. Os motores eram sempre V6 ou V8. Segundo a GM, a segunda geração do Camaro era muito mais ligada ao motorista que a primeira; durante os dez anos que esteve no mercado, ganhou diversos prêmios da mídia especializada.

Camaro 2ª Geração
Camaro 2ª Geração

A terceira geração foi produzida entre 1982 e 1992, trouxe de volta a opção cabriolet e ganhou motores mais modernos, com injeção eletrônica e até turbo, e novas transmissões, mas também uma configuração com motor de quatro cilindros em linha.

Camaro 3ª Geração
Camaro 3ª Geração

Além da drástica mudança de visual, o carro passou a ser mais leve (até 227 kg em algumas versões); a versão IROC-Z, da foto, era uma homenagem à International Race of Champions (Corrida Internacional dos Campeões, em inglês).

camaro
Camaro – versão IROC-Z

A quarta geração chegou em 1993 com base na ideia da primeira (posição dos bancos 2+2 e carroceria cupê/conversível com caimento acentuado na traseira), mas perdeu identidade visual.

Devido ao visual sem grandes emoções, o Camaro 4 sofreu fortes quedas de vendas e deixou de ser fabricado em 2002, no aniversário de 35 anos de existência.

camaro 2002
Camaro 2002

Oito anos depois o modelo ressurgiu, muito mais forte e imponente, com visual ousado e agressivo, inspirado nos modelos de primeira geração; o sucesso foi tanto que o carro virou protagonista do filme “Transformers”, já que o personagem “Bumblebee” é um alienígena capaz de se transformar em um Camaro. No Brasil, o Camaro amarelo virou tema de música sertaneja e repetiu o sucesso de fora do país; quando chegou, em 2011, o preço da versão SS (motor V8 de 406 cv) era de R$ 185 mil.

Camaro 2010
Camaro 2010

Em 2012 o carro passou por uma reestilização e perdeu parte do visual invocado (principalmente na traseira); os preços aumentaram (também por conta do IPI maior), o número de unidades importadas diminuiu e, logicamente, as vendas caíram.

Camaro 2012
Camaro 2012

Agora, a sexta geração do ícone esportivo norte-americano surge para o mundo em Detroit (EUA), cidade-natal e matriz da empresa, com o objetivo de manter o ciclo de sucesso comercial da quinta geração.

historia do camaro_mini
Camaro 6ª Geração

Fabricação do Camaro, um documentário excelente!

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD
Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

 

ademilson ramos avatar Ademilson Tiago de Miranda Ramos – FacebookTwitterInstagram – LinkedIn Google Plus
Estudante de Engenharia Elétrica e Criador do Engenharia é: