Hoje, dia 8, um asteroide gigantesco recém descoberto pela NASA passará muito próximo da Terra. Conhecido pelo codinome 2019 DN, o corpo com dimensões entre 91 e 200 metros de diâmetro atingirá o ponto mais próximo com a Terra em sua trajetória.

Essa distância é relativamente segura, cerca de 13 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Assim, são mínimas as chances não apenas de o corpo celestial colidir com nosso planeta, mas também de a passagem dele causar qualquer tipo de alteração no ambiente, como influenciar o movimento das marés, por exemplo.

A NASA estima que o asteróide tem uma chance em 30 milhões de colidir com o nosso planeta.

Mas mesmo que 2019 DN mudassem de curso, a NASA diz que seu impacto poderia causar alguns danos, mas nada de apocalíptico.

Outro asteróide, o 2019 CD5, deve passar mais perto da Terra do que 2019 DN em 20 de março. Mas ainda não perto o suficiente para apostar em ser o fim do mundo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.