(Crédito: Shutterstock)

Talvez muitos de vocês não saibam, mas desde 2014, a Anvisa(Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu o mínimos para a quantidade de “sujeira” tolerada em alimentos e bebidas.

São permitidos por exemplo: Pelo de roedor em derivados de tomate, insetos inteiros mortos em chá de hortelã, e não para por aí. Veja abaixo o que é aceito pela agência.

Produtos de tomate

– 1 fragmento de pelo de roedor em 100g  

– 10 fragmentos de insetos (como baratas e moscas) em 100g

Cacau em pó

– 25 fragmentos de insetos em 50g

– 1 fragmento de pelo de roedor em 50g

Pimenta do reino moída

– 60 fragmentos de insetos em 50g

– 1 fragmento de pelo de roedor em 50g

Massas e biscoitos

– 225 fragmentos de insetos para cada 225g

Café torrado e moído

– 60 fragmentos de insetos para cada 25g

Óregano

– 20 fragmentos de insetos em 10g

– 3% de areia ou cinzas insolúveis em ácido

Chá de menta ou hortelã 

– 300 fragmentos de insetos em 25g
– 5 insetos inteiros mortos em 25g
– 2 fragmentos de pelos de roedor em 25g

Chá de boldo

– 75 fragmentos de insetos em 25g

– 2 fragmentos de pelos de roedor em 25g

– Bárbulas:  70 em 25g (exceto de pombo)

Alimentos em geral

– 1,5% de areia ou cinzas insolúveis em ácido

Até a Anvisa definir esses parâmetros, não havia regulamentação para os limites de tolerância. Caso a empresa ultrapasse esse limite a multa pode chegar até R$ 1,5 Milhão.

Resolução – Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.