Uma equipe de pesquisadores da Universidade da Califórnia (Estados Unidos) descobriu que os cigarros eletrônicos, usados ​​frequentemente por jovens e mulheres grávidas, produzem uma resposta ao estresse em células-tronco do cérebro.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Especificamente, usando células-tronco do cérebro de camundongos, os cientistas identificaram o mecanismo subjacente à toxicidade das células-tronco induzidas por cigarros eletrônicos como a hiperfusão mitocondrial induzida por estresse (SIMH).

“SIMH é uma resposta protetora de sobrevivência. Nossos dados mostram que a exposição de células-tronco a líquidos eletrônicos, aerossóis ou nicotina produz uma resposta que leva a SIMH “disse os especialistas, cujo trabalho foi publicado na revista Cell Prima.

Portanto, os especialistas recomendaram aos jovens e mulheres grávidas prestar especial atenção aos seus resultados. “Seus cérebros estão em um estágio crítico de desenvolvimento. A exposição à nicotina durante o desenvolvimento pré-natal ou adolescente pode afetar o cérebro de várias maneiras, o que pode afetar a memória, a aprendizagem e a cognição. Além disso, a dependência de nicotina em jovens trazem preocupações.

Vale a pena notar que é a nicotina que está danificando as células-tronco do cérebro e suas mitocôndrias. Devemos nos preocupar com isso, já que a nicotina está agora amplamente disponível nos cigarros eletrônicos e em seus fluidos de recarga “, eles resolveram.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários