Os jogos olímpicos de 2020 em Tóquio vão ter uma novidade na forma como produzem as medalhas. O comitê organizador para os Jogos Olímpicos anunciou no início de fevereiro de 2017 uma campanha para reciclar lixo eletrônico para fazer as medalhas. A campanha arrecadou 47.488 toneladas de material, que já é quase suficiente para garantir todas as medalhas.

Das quase 50.000 toneladas obtidas em materiais, um total de 5 milhões de smartphones foram doados em lojas da operadora japonesa NTT Docomo. O comitê divulgou também como foi o progresso da obtenção de cada recurso para as medalhas:

– 100% da meta de 2.700kg de bronze foi conseguido em junho de 2018
– 85,4% da meta de 4.100kg de prata foi conseguido em outubro de 2018
– 93,7% da meta de  30,3kg de ouro foi conseguido também em outubro de 2018

Estima-se que eles vão conseguir atingir o restante de suas metas quando terminar de extrair os materiais do lixo eletrônico já arrecadado, mas o que ainda será conseguido nos próximos dias até o término da campanha, o que acontece no dia 31 de março. Os organizadores agradeceram a “grande ajuda” do público e das empresas, bem como dos atletas nacionais e internacionais.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.