Um dos objetos mais emblemáticos é usado por uma base diária de milhões de pessoas. Você já pensou que, apesar de seu design simples, no fundo encontra-se inúmeras horas de engenharia?

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Por ano são produzidas mais de meio trilhão de latinhas. No entanto, a forma icônica cilíndrica  que nós conhecemos hoje, não foi sempre assim. Ideias anteriores foram exploradas para otimizar seu formato, para também ser mais barata o possível, e clado, sem falhar no quesito pressão. Muitos conceitos exploraram uma infinidade de opções, até mesmo uma forma cúbica. Embora, depois de muitas revisões de engenharia, a forma mais ergonômica e eficiente foi concebida: a forma cilíndrica chanfrada que conhecemos hoje. O observar da latinha está longe de mera coincidência; de fato, todos os aspectos mantém um propósito subjacente.

Ao longo dos anos, a latinha passou por mudanças drásticas. O tamanho global encolheu 6 milímetros desde os anos de 1960, devido as purezas do alumínio de grau mais elevado, bem como a forma que foi otimizada para manter a pressão em seu interior. A redução pode não parecer um grande negócio, no entanto, quando se considera o número de latas que são fabricadas, essa redução economiza aproximadamente 90.000 mil kg de alumínio por ano. Incrível, não?

Foi na década de 60 que surgiu o anel na latinha, antes disso, as pessoas tinham que perfurar a mesma para ingerir a bebida. Um olhar mais atento no anel revela a sua dualidade. Como o anel é levantado, ele age como uma cunha para abrir o selo. O rebite pequeno no centro, em seguida, atua como um ponto de apoio para empurrar a aba para baixo, para proporcionar um fluxo sem restrições do líquido.

A vida da latinha começa como uma folha de alumínio, que passa através de uma prensa várias vezes, tornado-a mais fina. A pressão aumenta o corpo da lata. Em seguida, o gargalo da lata passa por 11 fases de estiramento e compressão para reduzir o stress e evitar fissuras e fracturas.

Surpreendentemente, a pressão da lata é utilizada para melhorar a resistência da mesma. Uma lata pressurizada é capaz de suportar a pressão de uma pessoa adulta de pé sobre ela.

A forte pressão no interior da lata mantém a tensão sobre as paredes para proporcionar a sua força. Além disso, o recurso chanfrado sob a lata serve para melhorar sua resistência. Em muitos aspectos, o recurso age semelhante ao de uma ponte em arco. A carga é dirigida a partir do centro para as regiões exteriores para reduzir a tensão sobre as porções interiores mais finas. Como resultado, as latas podem ser empilhados sem se preocupar com a questão da pressão!

Confira o vídeo abaixo:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

1 comentário

  1. As latas de refrigerante sao feitas em aço, só a tampa é que é em aluminio…basta usar um iman para provar isso.
    As latas de spray/desodorizante é que ja sao quase tudo em aluminio…

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here