Quando arquiteto Surat Ankit Parekh da Parekh Collaborative foi convidado para projetar uma casa para uma família, no estado indiano de Madhya Pradesh, um dos pré-requisitos foi que devia ser uma residência confortavelmente fresca sem ar condicionado.

Parekh virou-se para métodos antigos, de baixa tecnologia para arrefecimento natural, a partir de telas decorativas ainda funcionais para conseguir ventilação. Como resultado, a casa, com o nome Rambaugh, mantém uma variação de temperatura de 6 a 8 graus durante todo o ano.

Trabalhada com uma aparência contemporânea enraizada em técnicas tradicionais, Rambaugh foi projetada para abrigar uma família de seis pessoas em Burhanpur.

A residência possui amplo espaço para grandes reuniões – a família estendida do cliente mora no mesmo recinto – e celebra a vida interior da casa. Áreas comuns compartilhadas, ladeadas por espaços verdes, formam o coração da casa de dois andares, da sala de estar em plano aberto e da área de jantar, até a sala que se abre para um terraço inferior no primeiro andar. A sala de estar formal e a cozinha estão isoladas em cantos opostos da casa. O quarto principal e outros dois quartos estão localizados no piso térreo, enquanto dois quartos adicionais podem ser encontrados no andar de cima.

Um estudo solar informou a orientação do edifício e a colocação de aberturas que, combinadas com os turbuladores operados mecanicamente, tiram proveito da ventilação natural. A jali de pedra (uma tela decorativa, perfurada e tradicional) foi cortada manualmente no local e instalada no lado sudoeste da casa para desviar o ganho solar indesejado.

Uma grande árvore de tamarindo existente no sudeste do local fornece sombra adicional. O layout da casa também promove a ventilação natural e o acesso à ampla luz natural. Além disso, a água da chuva é colhida e reutilizada em casa.

Veja fotos desta casa incrível:

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.