A NASA aprovou uma missão espacial para estudar um asteróide gigante de metal cujo interior teria tanto ouro que seria capaz de causar um colapso econômico global.

De acordo com analistas, o metal precioso contido nessa rocha chamada Psyche 16 é avaliado em 10 mil quatrilhões de dólares, uma cifra tão alta que vem chamado a atenção de afortunados pelo mundo.

O asteróide possui em sua composição ferro e níquel, assim como o núcleo da Terra.

O valioso meteorito tem também grandes dimensões: 210 quilômetros de diâmetro e está localizado três vezes mais longe do Sol do que a Terra, no cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter.

A NASA enviará a Missão Discovery em 2023 para estudá-lo, esperando chegar ao asteroide em 2030.

“Esta é uma oportunidade para explorar um novo tipo de mundo, não de rocha ou gelo, mas sim de metal”, disse a pesquisadora da Universidade do Estado de Arizona Lindy Elkins-Tanton.

“O Psyche 16 é o único objeto do seu tipo conhecido no nosso sistema solar. Esse é o único jeito que os humanos visitarão um núcleo. Iremos aprender sobre o espaço interior visitando o espaço exterior”, acrescentou.

O presidente da Royal Astronomical Society dos Estados Unidos, John Zarnecki, estima que são necessários 25 anos para encontrar uma maneira conceitual de como extrair metal da tal rocha.

O líder da Euro-Sun Mining, Scott Moore, acredita que quanto mais tempo, melhor, porque esse ouro espacial causaria um caos na indústria do ouro.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.