Especialistas conseguiram através de um estudo descobrir que o armazenamento de dados em moléculas não será limitado exclusivamente ao DNA, já que a partir de agora isso também pode ser feito em soluções contendo açúcares, aminoácidos e outras várias moléculas relacionadas ao metabolismo.

Os cientistas encarregados do estudo pertencem à Brown University, localizada em Rhode Island. Eles conseguiram armazenar e recuperar imagens de um gato egípcio, uma cabra da montanha e uma âncora usando uma série dessas pequenas moléculas.

Para os especialistas, essa nova descoberta é importante, pois seria uma excelente ferramenta para tornar esse tipo de armazenamento blindado à pirataria, além de ser muito mais funcional em condições climáticas mais extremas.

Armazenamento de dados em moléculas

A equipe tinha uma missão particular com este estudo, que era observar e investigar para ver se moléculas menores poderiam armazenar e codificar informações abstratas, realizando uma série de experimentos para chegar a essa conclusão.

O primeiro foi relacionado à mistura de metabólitos, que são várias soluções contendo açúcares, aminoácidos e outros tipos de pequenas moléculas que os seres humanos e outros organismos vivos usam para digerir os alimentos.

A idéia dos especialistas era usar a presença e a ausência de determinados metabólitos nas várias misturas de moléculas que podem codificar esse tipo de informação digital.

A equipe, para gerar uma imagem do íbex, teve que usar seis diferentes misturas de metabólitos que foram aspergidos em uma placa por robôs que realizam a função de manipulação de líquidos. No total, os especialistas puderam observar que havia 1024 pontos no total, nos quais havia um total de 6 metabólitos dentro dos quais poderiam estar presentes ou ausentes.

Dados digitais em moléculas

A informação binária que foi coletada permitiu que os especialistas codificassem uma imagem de 6142 pixels. Os dados foram tão precisos que a equipe de pesquisadores conseguiram coletar todos os dados com uma precisão total de 99%, algo que nunca antes havia sido possível em uma pesquisa desse tipo.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.