Tem problemas para se concentrar? Os neurocientistas do MIT podem ter a solução para você: controlar suas ondas cerebrais alfa. Parece mais complicado do que se pensa, não é?

Em um novo estudo, os pesquisadores do MIT ensinaram a controlar suas ondas cerebrais, a fim de aumentar o foco e a atenção, dando feedback ao vivo sobre suas atividades cerebrais.

Este método pode ser útil, especialmente para pessoas com dificuldades de aprendizagem.

O estudo foi publicado na quarta-feira em Neuron.

Como você controla as ondas cerebrais?

A equipe de cientistas do MIT aprendeu que, ao suprimir as ondas alfa em uma parte do córtex parcial – a seção responsável pelo toque, senso espacial, navegação e atenção – os sujeitos poderiam prestar mais atenção às tarefas.

“Há muito interesse em usar o neurofeedback para tentar ajudar pessoas com vários distúrbios cerebrais e problemas comportamentais”, disse Robert Desimone, diretor do Instituto McGovern de Pesquisa Cerebral do MIT. “É uma maneira completamente não invasiva de controlar e testar o papel de diferentes tipos de atividade cerebral”.

A ligação entre ondas alfa e atenção não é nova. No entanto, o que os autores desta pesquisa do MIT afirmam que ainda não é conhecido é se essa conexão é um subproduto de outro processo ou se são as ondas alfa que controlam a atenção.

Em seu teste, os pesquisadores descobriram que seus sujeitos podiam controlar as ondas cerebrais alfa de cada lado do cérebro, dependendo das informações que estavam sendo mostradas. Em apenas 10 minutos, os sujeitos aprenderam como aumentar o controle de cada lado do cérebro, melhorando sua atenção.

“Após o experimento, os sujeitos disseram que sabiam controlar o contraste, mas não sabiam como o fizeram”, disse o principal autor Yasaman Bagherzadeh em comunicado. “Acreditamos que a base é o aprendizado condicional – sempre que você pratica um comportamento e recebe uma recompensa, reforça esse comportamento.”

Portanto, a questão de como os sujeitos conseguiram controlar suas ondas cerebrais ainda permanece um mistério. Os cientistas esperam, mas ainda não estão certos, que essa técnica possa ser usada em cenários da vida real, por exemplo, ao ensinar pessoas com dificuldades de aprendizagem a melhorar seu foco e atenção.

Dito isto, este estudo prova como nós, de fato, temos controle, mesmo que subconsciente, sobre nossas ondas cerebrais alfa.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.