O multimilionário Elon Musk disponibilizou todas as patentes da Tesla, empresa fabricante de automóveis elétricos, de forma a contribuir para o combate às alterações climáticas. O anúncio foi feito a semana passada.

Segundo noticia a agência AFP, Musk recorreu ao seu blog pessoal para dar conta da sua decisão, prometendo que a empresa “não vai iniciar processos de patentes contra qualquer pessoa que, de boa fé, queira usar a tecnologia” da Tesla.

O anúncio do CEO surgiu no mesmo dia em que promotores norte-americanos acusaram um cidadão chinês de roubar segredos de um projeto da Apple sobre um veículo autônomo. Na indústria tecnológica, importa frisar, as patentes são especialmente importantes, sendo consideradas “sementes de invenção” e, por isso, costumam ser guardadas em segredo para proteger o seu valor monetário.

“A Tesla Motors foi criada para acelerar a comercialização do transporte sustentável”, disse Musk. “Se abrirmos um caminho para a criação de veículos elétricos atraentes, mas depois colocarmos minas terrestres de propriedade intelectual para inibir os outros, estamos agindo de maneira contrária a esse objetivo”, defendeu.

Musk disse estar, na verdade, cético em relação às patentes, considerando que estas só servem, na maioria das vezes, para “sufocar o progresso” e ajudar a enriquecer os “gigantes” das empresas e dos advogados ao invés dos próprios criadores.

O multimilionário revelou já ter se sentido obrigado a registar as patentes da Tesla de forma a evitar que as empresas de automóveis concorrentes copiassem a sua tecnologia e a usassem para dominar o mercado.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.