Se você acessou o Google hoje, percebeu que doodle homenageia a determinação de Romer da velocidade da luz, isso em 1676 que a luz tem uma velocidade finita, portanto não viaja instantaneamente. A descoberta, é atribuída ao astrônomo dinamarquês Ole Rømer (1644-1710), que trabalhava no Observatório Real em Paris, naquela época.

Rømer, por sua vez, estimou que a luz leva cerca de 22 minutos para viajar o dobro da distância entre a Terra e o Sol, ao estimar os eclipses da lua de Júpiter Io. Para tanto, a luz teria uma velocidade de cerca de 220.000 quilômetros por segundo, cerca de 26% inferior ao valor real.

Como toda grande descoberta, essa teoria trouxe controversa no momento de seu anúncio, e nunca convenceu completamente o diretor do Observatório Real, Giovanni Domenico Cassini. Porém, ganhou apoio de outros cientistas da época, como Isaac Newton.

A descoberta foi confirmada quase duas décadas após a morte do próprio Rømer, com a ajuda, em 1729, da aberração estelar pelo astrônomo inglês, James Bradley.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Quer ficar por dentro do assunto Smart City, o mais falado no Brasil e no mundo? Deixe seu e-mail e receba em primeira mão! clicando aqui.