Foi em 2018 quando o fotógrafo islandês Haukur Snorrason estava sobrevoando o rio Skaftá, para registrar as enchentes anuais decorrentes do derretimento das geleiras. Em um determinado momento, Snorrason decidiu gravar o evento com seu próprio iPhone 6 Plus. Só que o avião foi acometido por uma rajada de vento, que fez que derrubasse o celular de uma altura de aproximadamente 60 metros.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Snorrason já não tinha esperanças de encontrar seu iPhone “com vida”. Mesmo assim, pediu para que um fazendeiro local ficasse de olho na região, caso o encontrasse. Na época, há mais ou menos 13 meses, nada foi achado.

Passados 396 dias, isto é, pouco mais de um ano, com a vida já refeita e sem nenhum sinal de tristeza pela perda do celular, Snorrason recebeu uma ligação informando que seu iPhone 6 Plus foi encontrado por um grupo de pessoas que fazia trilha naquela região. E ele está em perfeito estado!

Fonte: The next Web/Haukur Snorrason/Reprodução

A sorte foi que o iPhone caiu uma região de musgo bem denso, que forma uma espécie de “almofada” sobre o terreno. O musgo amorteceu a queda do iPhone, que usava uma capinha plástica que o ajudou a protejer da ação da chuva e do sol durante esse tempo.

O iPhone 6 Plus não possui certificação de resistência contra água e nem poeira, como os aparelhos mais recentes da Apple, mas o único defeito observado pelo fotógrafo foi no microfone: durante uma ligação, as pessoas não conseguem ouvi-lo.

O vídeo da queda pode ser conferido logo abaixo:

Confira o preço do iPhone 6s Plus hoje em dia aqui.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here