Nikola Tesla já sabia como seriam os smartphones, isso lá em 1926

Nikola Tesla que viveu entre 1856 e 1943 foi um cientista pioneiro durante a virada do século XX, mais conhecido por suas contribuições para o projeto do sistema de fornecimento de energia elétrica moderno de corrente alternada (AC). Tesla foi físico, engenheiro mecânico e eletricista, inventor e futurista, bem como o possuidor de uma memória quase eidética – e queridinho da internet.

Ele falava oito idiomas e tinha 300 patentes até o final de sua vida. Nos últimos anos, seu legado tem passado por um grande ressurgimento. Como você já deve ter ouvido, o nome Tesla fica cada vez mais em evidência à medida que muitas de suas previsões sobre energia e comunicação têm se concretizado.

A citação a seguir mostra bem o quão profético Tesla podia ser. Ele basicamente resume um smartphone moderno em 1926, conforme registrado no livro “Lightning in his hand: the life story of Nikola Tesla”, de Inez Hunt:

“Quando [a conexão] wireless for perfeitamente aplicada, a Terra inteira será convertida em um enorme cérebro, o que na verdade é, sendo que todas as coisas são partículas de um conjunto real e rítmico. Seremos capazes de nos comunicar uns com os outros instantaneamente, independentemente da distância. Não só isso, mas por meio da televisão e da telefonia vamos ver e ouvir uns aos outros tão perfeitamente como se estivéssemos frente a frente, apesar de intervirem distâncias de milhares de milhas; e os instrumentos através dos quais seremos capazes de o fazer serão incrivelmente simples em comparação com o nosso telefone atual. Um homem será capaz de transportar um no bolso do seu colete”.

Poderíamos dizer que ele acertou em toda a parte tecnológica, mas falhou na moda, com essa parte do colete. Porém, os hipsters estão por aí aos montes, fazendo com que Tesla se prove um gênio ainda maior.

De acordo com hypescience.com  e Big Think

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.