Cientistas da Universidade Rush, em Chicago, submeteram ratinhos a testes de memória e aprendizagem em labirintos.

Frete GRÁTIS ilimitado, Filmes, Séries, Músicas e muito mais com Amazon Prime! Teste GRÁTIS por 30 dias aqui.

Assim, os cientistas descobriram quais ratos eram bons alunos e quais eram ruins. Em seguida, eles acrescentaram canela à dieta de alguns dos ratos que não eram bons alunos – os outros seguiram com sua dieta normal, como controle.

Aí os cientistas então repetiram os testes cognitivos. Conclusão: ratinhos maus alunos, quando comem canela, passam a ter um desempenho quase tão bom quanto os ratinhos bons alunos.

“Esse pode ser um dos métodos mais simples e seguro de transformar maus alunos em bons alunos”, disse Pahan, que nasceu na Índia, terra de muita canela na comida, ressalta.

O pesquisador já havia participado de uma pesquisa anterior que havia revelado efeitos benéficos da canela no tratamento de mal de Parkinson em ratos.

O bom êxito nos testes de diz ao efeito da canela no hipocampo, área do cérebro fundamental para a formação de novas memórias e para a aprendizagem.

Ratos, por sua vez, metabolizam a canela e produzem benzoato de sódio, uma substância que age no hipocampo e que é usada pela medicina no tratamento de danos cerebrais.

O próximo passo é verificar se os mesmos efeitos benéficos se repetem em humanos. Enquanto isso não é aprovados em nós humanos, não custa nada comer um pãozinho de canela antes da aula. Certo?

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.