Foto divulgação

Encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos quem nunca ouviu falar? São praticamente itens comuns mas que muitos até desconhecem a existência de modelos que não possuem o equipamento para todos os ocupantes do veículo.

Mas esses carros existem, e têm data para se atualizar: 28 de janeiro de 2020.

É nesse dia que serão completados cinco anos da publicação da portaria 518/2015 do CONTRAN. O CONTRAN é o órgão máximo normativo e consultivo, possui sede em Brasília onde deve estabelecer normas regulamentares para as leis de trânsito, bem como elaborar diretrizes da Politica Nacional de Trânsito. É o CONTRAN quem coordena todos os órgãos do sistema nacional de trânsito. Ela obriga que os veículos vendidos no Brasil tenham encosto de cabeça e cinto de três pontos retrátil para todos os ocupantes, além de pelo menos um assento com pontos de fixação para cadeirinhas do tipo Isofix e Latch.

As exceções ficam para modelos do tipo 2+2, como exemplos o Civic Si e Porsche 911, conversíveis e modelos com só uma fileira de bancos, como picapes e também as vans comerciais.

Quase todas as marcas possuem pelo menos um modelo que precisa se atualizar. Portanto, a mais afetada é a Volkswagen: Up!, Gol, Voyage, Saveiro e Fox que não se enquadram em um ou mais quesitos da legislação.

No Up!, Gol e Voyage faltam o cinto de segurança de três pontos, enquanto no Fox não há encosto de cabeça central. Entretanto, dos quatros modelos, somente o Up! já tem Isofix/Latch nos bancos traseiros.

Do ponto de vista da engenharia a adição de cinto e encosto não é complexa. Tendo conhecimento de que a Saveiro cabine dupla já tem os itens para todos os ocupantes, e a migração dos equipamentos para Gol e também Voyage, que derivam do mesmo projeto, seria tranquilo..

Já o que pesa é o Isofix/Latch. Esses pontos de ancoragem são responsáveis por manter a cadeirinha estável no momento dos acidentes, e por isso são realizadas soldagens diretamente ao monobloco do veículo.

Essas mudanças requerem novos ensaios de crash-test. E  cada batida custa R$ 400 mil para a Volkswagen.

Outras marcas

Modelos de outras marcas também precisarão se adequar, seja cinto de segurança de três pontos ou encosto de cabeça. Entre os afetados estão Fiat Mobi, Uno e Doblò, Citroën C3 e Aircross, Renault Duster, Oroch e Kwid e Nissan March e Versa.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! xD

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.