ZPE - CEARÁ

O Governo do Ceará deu início às obras de ampliação da primeira Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Brasil, com investimento aproximado de R$ 30 milhões.

A ZPE Ceará, como é conhecida, está localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), no município de São Gonçalo do Amarante (CE).

A infraestrutura foi criada em 2010 e funciona como área alfandegária, com todas as repartições que atuam nas áreas de exportação e importação instaladas, como Receita Federal, Anvisa e Sefaz.

O Setor 2, como está sendo chamada área de ampliação, terá 240 hectares e será construído por módulos, de acordo com a chegada de novas empresas. O primeiro ocupará 23 hectares.

A previsão é que essa área esteja toda pronta em fevereiro, mas novas empresas já devem chegar ao local ainda este ano, estimulando a oferta de postos de trabalho e o crescimento da economia no Ceará.

O Estado vai entregar com estrutura de ruas, energia e água para que as empresas venham construir suas instalações e consequentemente, gerar emprego e renda para a população.

Desenvolvimento industrial, econômico e social da região 

A ZPE Ceará é um distrito industrial incentivado, onde indústrias instaladas em sua área contam com benefícios tributários, cambiais e administrativos, tendo como contrapartida que, no mínimo, 80% da sua receita seja oriunda de suas exportações.

O Complexo Industrial e Portuário do Pecém possui localização geográfica estratégica, estando mais próximo dos Estados Unidos, da Europa e do Norte da África. A área tem infraestrutura completa, pronta para receber a instalação de grandes empresas.

Juntos, a ZPE e o Complexo do Pecém contribuem para o impulsionamento da região de São Gonçalo do Amarante e possibilitam o desenvolvimento industrial, econômico e social para todo o estado.

Outras informações: 

– Mesmo com pandemia, o número de contratações no Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, cresceu 70%.

– A micro usina de energia solar fotovoltaica do COMPLEXO INDUSTRIAL E PORTUÁRIO DO PECÉM foi inaugurada. A instalação vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 84 mil ao ano em energia elétrica.

– O município de São Gonçalo do Amarante sediará o primeiro COMPLEXO EDUCACIONAL a ser construído no Ceará.

– Com um investimento de US$ 5,4 bilhões, a COMPANHIA SIDERÚRGICA DO PECÉM (CSP)  é o segundo maior investimento privado de todo o Brasil.

– São Gonçalo do Amarante é um dos municípios contemplado com o CINTURÃO DIGITAL. A rede de fibra ótica com 8.060 km de extensão cobre mais de 90% da população urbana do Estado. É a maior rede pública de Banda Larga Fixa do Brasil.

– A TRANSNORDESTINA, ferrovia com 1.700 km de extensão, que ligará os principais portos do Nordeste, Pecém (CE) e Suape (PE), e aumentará o potencial industrial e comercial de toda a região.

Quer morar ou investir em São Gonçalo do Amarante, no Ceará? 

Conheça a Smart City Laguna, primeira cidade inteligente inclusiva do mundo que está localizada a apenas 20 minutos da sede do município.

A Smart City Laguna é uma cidade inteligente inclusiva que fornece mais do que apenas residências. Ela melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social.

CLIQUE AQUI e saiba mais informações sobre a Smart City Laguna, cidade inteligente que fica a 40 km da ZPE e Complexo do Pecém; e a 55 km da capital Fortaleza.

Achou útil essa informação? Compartilhe com seus amigos! 🙂

Deixe-nos a sua opinião aqui nos comentário.